Baloiçando por aí…

Depois de uns diazinhos de chuva eis que o sol volta a brilhar. Para aproveitar o bom tempo e antes que este resolva ir-se embora outra vez, fomos estrear o baloiço novo do Pedrocas. Para os pais que gostam de fazer actividades ao ar livre aconselho a terem pelo menos um baloiço MADA IN LISBONContinue reading “Baloiçando por aí…”

Baby Blue

Já vos tinha falado sobre a CHUBBY ANGEL (ler aqui), a roupa para além de ter qualidade é super gira e prática. O Pedro estreou um dos conjuntos no dia em que fez um mês. Continue reading “Baby Blue”

First day of your life. Best day of ours.

No dia 10 de Abril de 2017, fizeste-te ouvir pela primeira vez. Se há coisa que nunca me vou esquecer é da sensação de alivio quando ouvi o teu primeiro choro. Sinal que estava tudo bem, pelo menos já respiravas. Nunca acreditei no amor à primeira vista até que te peguei ao colo pela primeira vez. Mudaste tudo em mim: a minha maneira de estar na vida, de pensar, arrisco-me a dizer que mudaste a minha maneira de ser. E tudo de uma forma tão ingénua e em tão pouco tempo. Tem sido uma aventura adaptarmo-nos a ti e tu ao Mundo, mas cada segundo é tão gratificante que já nem me lembro de como era antes de nasceres. Não é tudo um mar de rosas. Andamos cansados, com sono, em modo zombie a maior parte das vezes, mas depois vemos-te a sorrir e derretemo-nos todos ao ponto de esquecermos que não tomamos banho à dois dias nem dormimos à três. Continue reading “First day of your life. Best day of ours.”

Born this Way #2

Tic tac. Tic tac. É o som que mais tenho ouvido ultimamente na minha cabeça. Não vejo a hora de te conhecer mas ao mesmo tempo sei que vou ter saudades de te sentir todo trapalhão dentro da barriga. Principalmente, vou ter saudades de sentir que eu e tu éramos um só. Continue reading “Born this Way #2”

Born this Way #1

Não tenho tirado fotografias à barriga todas as semanas como se costuma fazer porque tenho um certo receio que agoire e como não sou das pessoas mais sortudas do mundo achei por bem ficar sossegadita. Mas já lá vão 6 meses e não encontro palavras para descrever a experiência de estar grávida, e como alguém um dia disse e muito bem “uma fotografia vale mais do que mil palavras”, por isso resolvi fazer algumas sessões fotográficas, sem grandes planos. Continue reading “Born this Way #1”